ONG Parceira do PortoWeb

MARCAS DA MEMÓRIA
Para que nunca se esqueçam os atos de tortura cometidos durante a ditadura no país e, especialmente, em Porto Alegre, o Movimento de Justiça e Direitos Humanos e a prefeitura afixaram nesta segunda-feira, 27, uma placa na calçada da av Bento Gonçalves, em frente ao número 4.592, onde existiu um local da prática no período de exceção. A colocação da placa faz parte do projeto Marcas da Memória, que identifica os locais que serviram de espaço para tortura, ao mesmo tempo em que incentiva o conhecimento e a reconstrução da memória histórica do período. Essa é sexta placa afixada na Capital.
A+-     A  ?
» Contatos
Movimento de Justiça e Direitos Humanos

Av. Borges de Medeiros, 340 - 94
Porto Alegre - RS

 (51) 3221-9130
 Fale Conosco









Desenvolvimento PROCEMPA