ONG Parceira do PortoWeb

Projeto de Conservação dos Butiazais em Quaraí apresenta os primeiros resultados (22/08/2017)


A ação integra o Projeto de Conservação e Uso Sustentável dos Butiazais, desenvolvido em parceria com o Instituto de Biociências da UFRGS e a Fundação Luterana de Diaconia (FLD). Inicialmente focado no, Litoral Norte do RS, a iniciativa agora abrange também o butiazal de Quaraí, no Coatepe, onde a principal atividade econômica é a pecuária extensiva de bovinos e ovinos. Além das pesquisas sobre a situação da população de butiazeiros, que já apontou a situação crítica, o projeto visa formas de sustentabilidade, outras oportunidades econômicas para a comunidade e tem um eixo educativo, com escolas locais, como a Escola Municipal João Tubino.

Na parte de pesquisa, foram criadas ilhas de biodiversidade nas propriedades de moradores, com cerca de 600 m2, a fim de manter amostras de butiazais à parte do pastoreio e, supostamente, do uso do fogo para o manejo do campo. Essas áreas permanecerão em monitoramento nos próximos três anos para avaliar a evolução da vegetação. Dessa maneira, é possível determinar o impacto da criação pecuária e das queimadas em regiões de ocorrência das populações de Butia yatai.


Um viveiro de mudas foi implantado em parceria com a família Aristimunho, hoje já com mais de 500 mudas ensacadas, outras tantas plântulas em sementeira e 3000 sementes avançando para germinação no viveiro da família. Um planejamento de reposição de plantas jovens imaturas está sendo previsto para 2019.


Na parte educativa, foi realizada a aula de campo no butiazal, integrando comunidade escolar ao projeto em desenvolvimento. Os desdobramentos disso já são contabilizados, com outras escolas vindo voluntariamente conhecer a área, o projeto e as famílias envolvidas, a inclusão do tema em feiras de ciência e cultura de escolas locais e a intenção de implantação de arboretos de butiazeiros em algumas escolas.

A partir da última avaliação das ilhas de bidiversidade, em Julho, é visível o crescimento das plântulas e jovens que foram protegidos do gado e do fogo. Jovens com folhas espigadas foram encontrados em todas as parcelas, mas não fora delas. As plântulas ficam sujeitas à herbivoria e dificilmente conseguem se desenvolver.


Além disso, outro fator compromete o desenvolvimento das plantas: o fogo. Após a conclusão da última campanha, um dos moradores não pôde controlar um incêndio na pastagem e uma das parcelas em análise foi queimada. Uma vistoria de campo mostrou que as plântulas sequer conseguiam ser identificadas após o fogo e que dos indivíduos jovens sobrou apenas a base mais entumecida. Ou seja, pastoreios constantes e queimadas reincidentes impedem o crescimento. Os estudos pretendem responder a partir de que tamanho haveria chances de resistência e se o pastoreio do gado e da ovelha sobre os indivíduos jovens tem impactos diferentes. O que queremos é encontrar harmonia na interação entre a pecuária e o butiazal.

 

Curicaca dá início a novo projeto no Parque de Itapeva (29/05/2018)
Dunas de Cidreira mostram-se uma maravilha a ser conservada (21/05/2018)
Plano de Uso Público do Parque de Itapeva saiu do forno e já está publicado (9/5/2018)
Relatório anual de conservação de anfíbios do Instituto Curicaca / Instituto Curicaca’s amphibians conservation progress (2/5/2018)
Curicaca levará boas e más notícias à oficina do PAN Sul (23/04/2018)
Solturas de animais silvestres pelo Ibama/RS parecem estar cercadas de descuidos fatais (13/04/2018)
Extinção da FZB é suspensa (10/04/2018)
Curicaca realiza ação pela conservação do sapinho admirável (06/04/2018)
Parque de Itapeva apresenta ao conselho progresso na regularização fundiária (03/04/2018)
Após avaliação positiva, parceiros decidem manter #Praiasemcarros (26/02/2018)
Curicaca inicia 2018 com dois novos projetos (23/01/2018)
Operação orienta sobre a proibição dos carros nas praias de Torres (17/01/2018)
Corredores ecológicos retornam à pauta nacional (12/01/2018)
Áreas prioritárias do Pampa serão atualizadas com ajuda do Instituto Curicaca (09/01/2018)
Veraneio desse ano não terá veículos nas praias de Torres (21/12/2017)
Seminário propõe e debate soluções aos conflitos no PARNA Lagoa do Peixe (29/11/2017)
Monitoramento da fauna na rodovia Rota do Sol constata alta mortandade de anfíbios (27/11/2017)
Estivemos em manifestação para reverter a extinção das fundações (25/10/2017)
Integração entre Universidade e ONGs será tema de palestra na Semana Acadêmica de Biologia da Ulbra (01/11/2017)
Trabalho conjunto entre Universidade e ONG no Salão de Extensão da UFRGS (11/10/2017)

Página 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | ... || Próxima

A+-     A  ?

 
Financiadores

Apoiadores Institucionais




Desenvolvimento PROCEMPA