ONG Parceira do PortoWeb

Reunião com novos fatos e argumentos causa reflexão na Secretária sobre remoção do gestor (14/3/2017)

Atendendo pedido do Instituto Curicaca, na sexta-feira (10/3) a Secretária do Meio Ambiente Ana Pellini recebeu um grupo de instituições para tratar da remoção do biól. Paulo Grübler da chefia do Parque de Itapeva. Acompanhada da diretora do Departamento de Biodiversidade (DBio), Sra. Liana Barbizan, e do ex-diretor, Gabriel Ritter, a conversa com representantes do Conselho Municipal de Meio Ambiente de Torres (COMMAM), Associação de Surfistas, Instituto Curicaca, Instituto de Biociências da UFRGS, Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e liderança do PMDB em Torres durou cerca de duas horas.



De um lado, as instituições procuraram mostrar que os esforços políticos para a remoção do biól. Paulo nascem de apenas quatro pessoas, todas elas com interesses individuais e na espera que estes poderiam fluir sem os limites ambientais estabelecidos pelo gestor. A vontade que o gestor permaneça seria muitíssimo maior, o que ficou claro pela ampla mobilização social que direcionou diversas manifestações à Sema e ao Ministério Público e produziu um abaixo assinado com quase 1.500 assinaturas, entregue na reunião. Isso chamou a atenção do Gabinete! Os argumentos sobre a qualidade do trabalho realizado, sua fundamentação em parâmetros técnicos jurídicos e ambientais chegaram de todos os visitantes, bem como os riscos que viriam da descontinuidade no plano de manejo, plano de uso público, compras de terras e segurança da Reserva da Biosfera.

"... só temos boas referências sobre o trabalho técnico ..."


De outro lado, a Secretária reconheceu que só tem boas referências sobre a qualidade do trabalho técnico do gestor, inclusive vindas da atual diretora e do ex-diretor do DBio, ali presentes. Por outro lado, disse que a maneira como as vezes o Paulo conduz os conflitos seria causadora de reclamações e que, uma vez há 10 anos na gestão do Parque, uma troca poderia ser salutar. Só que ao usar como exemplo o conflito no licenciamento de loteamento popular na Zona de Amortecimento, acabou sendo esclarecida, inclusive pelo ex-diretor do DBio, que naquele caso sequer havia processo aberto na Sema para o pedido de anuência. Ou seja, a situação trazida serviu para mostrar o como as informações chegam distorcidas no Gabinete e que nesse caso, houvera uma “forçação de barra” do secretário municipal de meio ambiente da gestão anterior, não havendo outra coisa a fazer senão a negativa que foi dada pelo Conselho da UC e pelo gestor.

"Não se mexe em time que está ganhando"


O diálogo fluiu bem, serviu para que muitos elementos novos e esclarecedores fossem colocados em análise e para mostrar que na balança de interesses há um grande peso favorável de instituições e pessoas que querem que o gestor permaneça. Serviu também para desfazer mitos a respeito do Paulo. Ao final, após ser informada pela Diretora do DBio que até o momento a remoção não fora assinada, a Secretária Ana Pellini autorizou que divulgássemos que estava assumindo uma posição de reflexão e que nada seria feito até a sua volta de viagem. Pediu que o Instituto Curicaca, que está à frente do Plano de Uso Público, ajudasse na construção de um ambiente mais favorável junto com os políticos locais. Como medida complementar, sugerimos à Diretora do DBio que a situação, ao invés de ser resolvida pela remoção, pode ser conduzida com algumas reuniões de ajustes, às quais o Instituto Curicaca se coloca a disposição para colaborar. A mensagem síntese que o grupo deixou foi “não se mexe em time que está ganhando” e, nesse sentido, a reunião trazendo outra visão serviu como exame antidoping.

Instituto Curicaca participa de seminário do DEFAP sobre restauração de vegetação nativa
Nova rodada de oficinas troca experiências escolares em Educação Ambiental (14/11/2014)
Redes de praia no Litoral Norte podem estar capturando tartarugas (7/11/2014)
Cada espécie de sapinho tem seu canto típico (29/10/2014)
Bioma Pampa receberá atenção especial do Ministério Público Federal (17/10/2014)
Conselho do Refúgio Banhado dos Pachecos continua com pauta agrícola (15/10/2014)
Conselho de Itapeva discute projetos, planos e mineração (14/10/2014)
Conservação do sapinho-verde-de-barriga-vermelha recebe aporte de peso (11/10/2014)
Tartarugas marinhas seguem chegando mortas na costa gaúcha (4/10/2014)
II Simpósio Gaúcho de Herpetologia avalia e propõe ações de conservação
26/9 - A herpetologia no licenciamento ambiental: desafios, perspectivas e o mercado do herpetólogo.
25/9 - Oportunidades e linhas de pesquisa em herpetologia nas instituições de ensino e pesquisa do RS
24/9 - Mesa redonda Políticas de conservação para herpetofauna e seu habitat
24/9 - Palestra de abertura com a Dra. Ariadne Angulo (IUCN), inticada pelo prof. Andreas Kindel (UFRGS) e o Biól. Glayson Bencke (FZB)
Fepam nega licença de hidrelétrica que causaria extinção de sapinho
Lista Vermelha da fauna do RS é publicada num ato coerente, mas após muita luta
Nova legislação permitirá que extrativistas de folhas e frutos do butiá-da-praia saiam da ilegalidade
Projetos Político-Pedagógicos escolares são avaliados na região da Campanha e da Quarta Colônia
Projetos do Instituto Curicaca são aprovados pela Fundação O Boticário
Bioma Pampa: Curicaca participa de troca de experiências em Rosário do Sul

Anterior || 1 | 2 | 3 | 4 | Página 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | ... || Próxima

A+-     A  ?

 
Financiadores

Apoiadores Institucionais




Desenvolvimento PROCEMPA