ONG Parceira do PortoWeb

Relatório do Workshop de Mosaicos passa a ser a mais recente orientação para as políticas públicas (14/9/2016)



Chegando para movimentar a agenda, acaba de ser publicado o relatório do Workshop Nacional de Mosaicos de Áreas Protegidas (acesse aqui). O material foi gerado a partir da discussão entre participantes dos mosaicos de todo o Brasil, que ocorreu em maio de 2016. Traz uma síntese dos desafios atuais de mosaicos já reconhecidos, mas também daqueles que ainda buscam o reconhecimento e que, na prática, já vem realizando a gestão integrada do território tendo as áreas protegidas como foco. O relatório aponta a necessidade de ações em políticas públicas e marco legal; capacitação e intercambio; comunicação e efetividade; articulação de parcerias estratégicas; e de fortalecimento da Rede de Mosaicos de Áreas Protegidas - REMAP.

O Instituto Curicaca esteve presente contribuindo com a busca de soluções para o bom funcionamento dos mosaicos. Para Alexandre Krob, coordenador técnico da ONG, é preciso ajudar o Ministério do Meio Ambiente a ampliar sua expectativa dos mosaicos para além de apenas resolver problemas comuns de Unidades de Conservação próximas. “Os mosaicos, como mostram muitas das experiências em curso, vieram para formalizar a prática de diálogos concretos entre os atores de um território para implantarem ações conjuntas que reflitam sobre áreas protegidas, mas também sobre o que está entre elas. Nesse sentido, é preciso reconhecer o papel dos territórios tradicionais na conservação da biodiversidade – reservas indígenas, terras de quilombolas”, complementa.

Agora com o relatório publicado, a REMAP deverá seguir uma agenda de trabalho que foi construída no Workshop. Há o compromisso da realização de reuniões com o Ministério do Meio Ambiente buscando alavancar o tema para um patamar de prioridade mais alto dentro do Governo Federal, mas os governos estaduais também devem ser procurados, pois o reconhecimento não é uma exclusividade federal. Outro esforço programado é o de buscar condições para que novos mosaicos possam ser reconhecidos, como o Mosaico Porta de Torres, na fronteira do Rio Grande do Sul com Santa Catarina. Para saber mais e ser um colaborador dos mosaicos.



Integração entre Universidade e ONG no Salão de Extensão da UFRGS (11/10/2017)
Entrevista: Patricia Bohrer fala sobre Arteterapia e Educação Ambiental (11/10/2017)
Pesquisadores propõem inovação para PAN a ser implementado nas Lagoas Costeiras do Sul (02/10/2017)
Curicaca e Parque de Itapeva vão ao SAPIS apresentar o Plano de Uso Público (29/9/2017)
Infográfico: Dia de Defesa da Fauna
Região do sapinho-admirável terá Avaliação Ecológica Rápida para orientar ações de conservação (15/09/2017)
O que está por trás da criação de uma UC dentro da APA do Banhado Grande (06/09/2017)
Projeto de Conservação dos Butiazais em Quaraí apresenta os primeiros resultados (22/08/2017)
Reta final: PUP do Parque Estadual de Itapeva (10/08/17)
Encontrou uma Curicaca machucada?
Aprovação do Plano de Manejo da RPPN Mata do Professor Baptista (01/08/17)
Inforgáfico: Mata Atlântica (17/07/2017)
Parcerias do Curicaca em apoio à UC para o sapinho-admirável (10/7/2017)
Reunião para efetivar plano de gestão de espécies invasoras (21/06/2017)
Aula no butiazal muda rotina de alunos e professores (30/3/2017)
Reunião com novos fatos e argumentos causa reflexão na Secretária sobre remoção do gestor (14/3/2017)
Carnaval teve também imediata mobilização contrária à remoção política do gestor do Parque de Itapeva (1/3/2017)
Estudos genéticos ajudarão a proteger a população relictual de cervo-do-pantanal no RS (1/2/2017)
Projeto de Conservação de dunas no Litoral Norte do RS tem sua primeira avaliação. (26/12/2016)
Nota à sociedade sobre a “extinção” da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul.

Página 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | ... || Próxima

A+-     A  ?

 
Financiadores

Apoiadores Institucionais




Desenvolvimento PROCEMPA