ONG Parceira do PortoWeb

Por que Curicaca?

A espécie Theristicus caudatus voa pelos céus e anda pelos campos de grande parte do Brasil e da América do Sul exibindo uma coloração clara e asas largas. No sul do Brasil, a ave faz seus ninhos sobre os pinheiros, de onde, acredita-se, vem o seu nome: no tupi-guarani, kuri significa “araucária” e akã quer dizer “copa”.

A Curicaca não é um animal ameaçado de extinção nem corre algum tipo de risco ambiental. Na verdade, ela dá nome à ONG por causa de uma ligação histórico-afetiva, remetendo à experiência que tivemos na região dos Campos de Cima da Serra e Aparados da Serra, no final dos anos 90, quando a ONG começava a engatinhar.

Ali, os bandos de carucacas, como também são conhecidas, dormem nos grandes pinheiros junto às casas das fazendas. São carinhosamente vistos pelos moradores como uma ave amiga e parceira. Pela manhã, acordam alvoroçados chamando a família para o início do dia, enquanto voam para o campo em busca de alimento. Costumam comer insetos, sapos e até cobras, motivo que leva ao reconhecimento de sua utilidade para os pecuaristas. Ao pôr-do-sol, o bando retorna grasnando e sobrevoa em círculos o pinheiro de onde partiu até encontrar o melhor galho para passar a noite. É hora de encerrar a jornada de trabalho e preparar o chimarrão do descanso.

Na época de criar os filhotes, o vento que corta o campo pode arrancar alguma jovem curicaca do ninho. Nessas situações, eles imediatamente são socorridos pelas pessoas das casas. Esse sentimento de carinho, de acolhimento na comunidade, de construção de parceria e amizade foi muito importante para nós do Instituto Curicaca quando, em 1996, iniciamos, em Cambará do Sul, nossa caminhada coletiva. Esse reconhecimento se tornou motivo para escolher na Curicaca um nome que representasse e mantivesse viva a memória dessa alegria.

À medida que nos consolidamos como instituição, fortalecemos ainda mais nossa identidade com o nome. Ao ampliarmos a abrangência de nosso trabalho para outras áreas que incluem porções do Planalto, da Encosta da Serra e da Planície Costeira, descobrimos que a ave também faz migrações curtas entre estes ambientes. Em nossas atividades na natureza é comum cruzarmos com bandos de Curicacas, ora voando, ora se alimentando. E essa imagem representa nossa convicção de que, aqui ou ali, somos o que somos porque somos um grupo.




A+-     A  ?

 
Financiadores

Apoiadores Institucionais




Desenvolvimento PROCEMPA